Digite aqui o que você está procurando...

Observatório do Cinema

canal MPF

Canal / Nova Campinas

O SHOW DO COMÉRCIO

Extra Online - TV e Lazer

TV iG: Vídeos de notícias, futebol, lutas, clipes, moda e trailers

28 de jan de 2014

Veja o novo trailer de MALÉVOLA, com Angelina Jolie

A Disney divulgou um novo trailer de Malévola, protagonizado por Angelina Jolie (Salt) e Elle Fanning (Super 8). No vídeo são intercaladas cenas da animação clássica A Bela Adormecida, de 1959, e a nova versão live-action.
Dirigido pelo iniciante na direção Robert Stromberg, Malévola estreia em 30 de maio no Brasil. 
Veja o novo trailer de MALÉVOLA, com Angelina Jolie | Cinema em Cena | Cinenews

A Cobra Fumou - O Brasil na 2º Guerra Mundial - Documentário Completo

Carnaval / 2014 - Marchinhas de carnaval ironizam cenário político do Brasil

Músicas abordam temas como black bloc, ocupações, maconha e até o sumiço das vigas do viaduto do Rio de Janeiro
Por Isadora Otoni
Em 2014, não vai faltar crítica política no carnaval. As Jornadas de Junho resgataram a tradição das marchinhas debochando e fazendo humor com o cenário político brasileiro, inspirando músicos e blocos de rua. As canções abordam temas como black bloc, ocupações, maconha, caso Perrella e até o sumiço das vigas do viaduto do Rio de Janeiro. Por conta da criatividade e originalidade, algumas das marchas se tornaram finalistas de concursos.
Marcha da Maconha
A música, que concorre ao 9º Concurso Nacional de Marchinhas Carnavalescas, é composta por Henrique Cazes e interpretada por Jota Canalha. O nome da composição é uma referência à Marcha da Maconha, organizada todo ano em prol da legalização da erva.
“Plantando em casa não se gasta mais dinheiro
Mas tem um ano que eu não caibo no chuveiro
Com três tapinhas nós fazemos um carnaval
Não tem lei seca que segure o pessoal”
Baile do Pó Royal
O caso do helicóptero do deputado Gustavo Perrella, que foi encontrado com 445 quilos de pasta-base de cocaína, não passou imune às marchinhas. O Baile do Pó Royal, que concorre ao prêmio Mestre Jonas 2014, traz uma crítica bem humorada ao caso.
“O pó rela no pé
O pé rela no pó
Esse pó é de quem eu tô pensando?
Ah é sim, ah é sim”
Cadê a viga?
Cássio Tucunduva e sua turma se inspiraram no sumiço das vigas do Elevado da Perimetral, do Rio de Janeiro, para compor uma marchinha. O suposto furto foi tão absurdo que, não bastasse ter rendido uma música, também a levou às finalistas do 9º Concurso Nacional de Marchinhas Carnavalescas, da Fundição Progresso.
“Senhor prefeito
Não é intriga
Aonde foi que enfiaram aquela viga?”
Ocupa geral
O samba irônico Ocupa geral concorre à marchinha oficial do bloco Imprensa que eu Gamo. O bloco foi fundado por jornalistas em 1995 e sai às ruas todo ano no Rio de Janeiro.
“A colombina ainda está traumatizada
Pensaram que ela era black bloc
Sambo para fugir das bombas lacrimosas
No batalhão de choque”
Menina black bloc
A música também é finalista do Concurso Nacional de Marchinhas Carnavalescas e foi escrita por Oswaldo Pereira. O compositor admitiu que sua inspiração foi Emma, a garota black bloc que foi capa da Veja e depois se manifestou contra a revista para o Mídia Ninja.
“Menina black bloc
Black bloc, black bloc
Eu vou botar na rua
Um batalhão de choque”
Marchinhas de carnaval ironizam cenário político do Brasil - Revista Fórum | Revista Fórum

27 de jan de 2014

Dilma em Lisboa jan/2014

25 de jan de 2014

23 de jan de 2014

Ex-vereador é suspeito de torturar jovens na Baixada Fluminense

Ex-vereador é procurado pela Polícia acusado de tentar matar e torturar jovens em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Segundo a Polícia ele é suspeito de torturar três jovens.

16 de jan de 2014

Ilha do Mel atrai turistas com paisagens naturais e história

Uma sugestão de viagem para os turistas é a Ilha do Mel, localizada na Baía de Paranaguá, no Paraná. O local reúne tanto paisagens naturais, comohistória. Ela é um dos lugares mais procurados no estado e é tombada como patrimônio histórico de lá desde 1982. Veja a reportagem da TVE Paraná.

15 de jan de 2014

O filme da hora é “Maranhão 66”, de Glauber Rocha

Maranhão 66 – Wikipédia (introdução)

Enviado pelo pessoal da Vila Vudu

Glauber Rocha
A pedido do então governador eleito e seu amigo José Sarney (então com 35 anos), Glauber Rocha produziu um documentário sobre a cerimônia da posse do político em ascensão da UDN/ARENA em 1966, dois anos depois do golpe militar de 1964.

José Sarney por Alex Leal
A posse de Sarney, em 1966, marcava o início da domínio político de sua família no Maranhão, interrompido somente em 1º de janeiro de 2007, com a posse de Jackson Lago no Palácio dos Leões.

Durante o discurso de posse de Sarney e a celebração da multidão com o novo governo, o documentário expõe a miséria da população maranhense. Enquanto Sarney, em um exercício retórico, se comprometia solenemente a acabar com as mazelas do estado, o filme mostrava as mazelas: casas miseráveis, hospitais infectos, vítimas da fome ou da tuberculose.

O filme – feito há 48 anos

11 de jan de 2014

Como o circo aparece nas lentes do cinema brasileiro


O Revista do Cinema Brasileiro mostra o universo circense em uma matéria sobre o documentário Orlando Orfei, o Homem do Circo Vivo, sobre a da vida do domador de leões.
Como o circo aparece nas lentes do cinema brasileiro | Cultura | EBC

9 de jan de 2014

Repórter Brasil explica o que significa o Dia do Fico - Repórter Brasil ...



Você sabia que D. Pedro I faria aniversário no dia das crianças? Ele nasceu no dia 12 de outubro de 1798, em Portugal. Tinha um nome bem grande: Pedro de Alcântara Francisco Antônio João Carlos Xavier de Paula Miguel Rafael Joaquim José Gonzaga Pascoal Cipriano Serafim de Bragança e Bourbon.
Quando tinha nove anos de idade, veio com seus pais, D. João VI e Dona Carlota Joaquina, para o Brasil. O pai dele era príncipe regente de Portugal e a mãe, princesa da Espanha. Ele gostava muito de viver no Brasil. Segundo os historiadores, adorava cavalgar pelas florestas e morros do Rio de Janeiro.
De acordo com os estudiosos, ele era muito inteligente, mas não gostava de estudar. Por isso, decidiu se dedicar à música. Ele aprendeu a tocar piano, flauta, fagote, trombone, violino, clarinete, violão, lundu e cravo. Ele também desenhava e pintava muito bem e gostava de fazer esculturas. Em vez de ficar preso dentro do palácio da Quinta da Boa Vista, onde morava, D. Pedro brincava na rua com as outras crianças do povo e com escravos.
Ele tinha um irmão mais novo chamado D. Miguel. Eles eram muito parecidos. Brincavam muito juntos, mas brigavam também. A brincadeira favorita deles era fazer batalha de exércitos com os amigos.
Quando tinha 22 anos, seu pai, D. João, voltou para Portugal e ele se tornou o príncipe regente do Brasil. No ano seguinte, D.João pediu que D. Pedro voltasse a Portugal também. Mas o povo brasileiro não queria que ele fosse embora. Eles colheram assinaturas pedindo para que ele ficasse. No dia 9 de janeiro de 1822, D. Pedro disse: “Como é para o bem de todos e felicidade geral da nação, estou pronto: diga ao povo que fico!” E esse ficou conhecido como Dia do Fico.
No dia 7 de setembro do mesmo ano, durante uma viagem em São Paulo, D. Pedro foi informado de que estava sendo preparada uma ação militar de Portugal contra o Brasil. D. Pedro, então levantou a espada, perto das margens de um riacho chamado Ipiranga, e gritou: “Independência ou Morte”!
Esse gesto marcou o dia em que o Brasil deixou de ser apenas uma colônia de Portugal e passou a ser um país independente. D. Pedro se tornou o primeiro imperador do Brasil.
  • Direitos autorais: Creative Commons - CC BY 3.0

Famílias ocupam uma área batizada de Nova Palestina na zona sul de São Paulo

4 de jan de 2014

"Rio Iguaçu... Um Rio que tem História"


Rio Iguaçu... Um Rio que tem História.
Documentário produzido em 2004, por mim, Flávio Cardoso e os meus amigos: O Professor e Biólogo Flávio de Andrade e o também Biólogo Renato Seixas com o apoio de outros amigos os quais os nomes surgem na legenda dos créditos. 
O Vídeo se inicia com a nossa visita até um trecho em Tinguá Distrito de Nova Iguaçu onde foi possível avistar o pico do Tinguá e a área conhecida como a Serra dos Caboclos onde nasce o Rio Iguaçu indo até a sua foz, local onde deságua, na Baía de Guanabara, navegando de carona em um barco de um pescador.
Foi uma experiência muito gratificante, viver a oportunidade de conhecer informações e apreciar lugares e materiais históricos nos permitindo entender a fascinante relação do Rio Iguaçu e posteriormente Canal do Iguaçu com a História da Baixada Fluminense em especial de Nova Iguaçu através da entrevista que nos foi cedida pelo Historiador Ney Alberto e pelas observações no trajeto que percorremos.
Esperamos que esta empreitada seja útil para a Educação, para pesquisadores e mestres, sejam do ensino médio ou superior, que seja útil para a conscientização da sociedade sobre as necessidades da preservação ambiental e a valorização e zelo com a Memória e o Patrimônio Históricos.
Utilizamos esta obra em algumas atividades educacionais em escolas através de palestras, ficou engavetada durante um bom tempo e agora com o Advento do Site do Projeto Baixada Cultural Sem Fronteiras, o qual desenvolvo com os Amigos Fabio Lucchesi e Raquel Lucchesi e uma série de outros queridos e queridas amigos e amigas, entusiastas da arte, o Vídeo volta a circular. Embora, os cenários estejam mudados e a realidade política já não seja mais a mesma dos municípios que o Canal do Iguaçu corta.
Como Produtor de vídeo também é gratificante, apreciar tudo que foi vivido e aprendido, inclusive em termos de videografia, muitas questões técnicas que hoje as faria de forma bem mais refinadas me fazem feliz, quando olho e aprecio o aprendizado da época para a atualidade, pretendemos manter o vídeo nessa mesma composição pois é muito agradável perceber as nuances que o conhecimento na linha do tempo é capaz de imprimir em nossas vidas.
Esperamos, de verdade, que esta obra seja útil à pesquisas e trabalhos educacionais ou ambientais ou, simplesmente, sacie um pouco de uma nobre curiosidade sobre temas Históricos e de Meio Ambiente. Flávio Cardoso Produtor 17 de Julho de 2012

Rio Antigo - 100 Anos de Carnaval (1912-2012)





1 de jan de 2014

Cinema / Minha mãe é uma peça (trailer)

"E você ainda achava que mãe era tudo igual."

Adaptação da peça que já levou milhares aos teatros pelo Brasil, Minha Mãe é uma peça acompanha Dona Hermínia, uma mulher de meia idade, aposentada e sozinha, que tem como preocupação maior procurar o que fazer. Para uma mãe dedicada a preocupação com os filhos é sempre uma ocupação, mas os filhos de Dona Hermínia cresceram, e ela está entediada. Sem um trabalho ou um companheiro, a...

Cinema / Lincoln (trailer)

Daniel Day-Lewis dá vida ao 16º presidente dos Estados Unidos, durante o final de seu mandato, em uma época sangrenta. Em uma nação dividida pela guerra e por fortes ventos de mudança, o presidente Lincoln percorre um caminho de difíceis ações, a fim de terminar a guerra, unir o país e abolir a escravidão. Com coragem moral e força para obter sucesso, suas escolhas nesse período crucial...

Cinema / Gravidade (trailer)

Matt Kowalski (George Clooney) é um astronauta experiente que está em missão de conserto ao telescópio Hubble juntamente com a doutora Ryan Stone (Sandra Bullock). Ambos são surpreendidos por uma chuva de destroços decorrente da destruição de um satélite por um míssil russo, que faz com que sejam jogados no espaço sideral. Sem qualquer apoio da base terrestre da NASA, eles precisam encontrar um meio de sobreviver em meio a um ambiente completamente inóspito para a vida humana.

Seguidores