Digite aqui o que você está procurando...

Observatório do Cinema

canal MPF

Canal / Nova Campinas

O SHOW DO COMÉRCIO

Extra Online - TV e Lazer

TV iG: Vídeos de notícias, futebol, lutas, clipes, moda e trailers

13 de mar de 2012

Especial / Irineu de Palmira

Músico, cantor e compositor, Irineu de Palmira nasceu em Belo Horizonte, onde iniciou suas atividades artísticas. Participou em Belo Horizonte, onde iniciou suas atividades artísticas. Participou de vários festivais e eventos culturais, com destaque para o primeiro lugar no festival de Ouro Preto, primeiro lugar e melhor intérprete no de Itabirito, primeiro lugar e melhor arranjo em Serra Negra, primeiro e terceiro lugares em Queluz e, segundo lugar e melhor intérprete no Festival de Música Cidade Canção – FEMUCIC – de Maringá.
Em 1979, então com 22 anos, convidado pelo empresário Fauzi Curan, mudou- se para São Paulo; onde trabalhou como instrumentista, e cantor, da grande “Orquestra Sargentelli”, e nas casas Gallery (acompanhado pela orquestra do maestro Hector Costita) e Viva Maria (dividindo o mesmo palco com Cauby Peixoto, Wilson Simonal, Pery Ribeiro e Carmen Costa).
No teatro e televisão, musicou a peça Vereda da Salvação, de Jorge Andrade, e a versão para TV de “O Grande Momento”, de Roberto Santos, direção de Nei Santanna, com Laura Cardoso e Paulo Guarnieri no elenco.
Como instrumentista, gravou os violões de todas as faixas do disco “Violas e Canções”, de Pena Branca e Xavantinho, considerado pela crítica, principalmente internacional, como um dos melhores discos do ano.
Como compositor tem músicas gravadas por Jair Rodrigues e Luciana Mello (“Alma Negra” - que dá nome ao último disco do Jair), Bira do Cavaco, Grupo Katinguelê e Adriana Ribeiro entre outros.
Irineu já se apresentou no Fantástico, acompanhado por Luis Avellar e dirigido por Aloísio Legey e Danilo Granato, TV Mulher (com Marília Gabriela), Programa Mulheres, além de diversas apresentações nos programas Som Brasil (acompanhado por músicos como Kapenga Ventura, Oswaldinho do Acordeom, Papete), Empório Brasileiro e Raízes.
Suas principais apresentações e concertos incluem as Casas de Cultura do Município de São Paulo, Sala Guiomar Novaes da FUNARTE, Bibliotecas Mário de Andrade e Viriato Correa. Como artista convidado, participou de shows de Wilson Simonal, Jair Rodrigues, Joana, Beth Carvalho; fez a abertura do show de João Bosco e César Camargo Mariano, tendo se apresentado, ainda, com a Velha Guarda da Mangueira na Rádio Nacional do Rio de Janeiro.
Dotado de um estilo próprio, reúne um vasto repertório de composições ligadas basicamente à MPB e ao Samba; dentre as quais destacam-se grandes parcerias com Gerson Ney França e Luciana Arnaud; além de Paulo Leminsky, Nelson Klava, Lutcho Gutierrez, Lula Barbosa, Doroty Massola, Carlos Castelo Branco, Joel Couto e Guca Domênico. Parte desse trabalho foi registrado em dois discos – No primeiro, gravado no estúdio Pulsar, em SP-1987, esteve acompanhado de César do Acordeom, Juba nas flautas, Kapenga nos arranjos, baixos e violões de 12 cordas, Duda Neves na bateria, Lica nos teclados, Gereba nos violões de algumas faixas e Papete na percussão. O segundo, em 1997, foi gravado ao vivo na sala Guiomar Novaes (Funarte) em São Paulo “ACREDITAR” – Seu mais recente trabalho em CD e DVD, está pronto, porém sem previsão de lançamento.
Irineu de Palmira, fiel às suas raízes e concepções, mas atento aos ventos de mudança, vem lenta, mas seguramente, projetando seu trabalho e conquistando lugar entre aqueles que apreciam música de qualidade.
(Fotos extraídas do site do artista - texto de Carlito do Sal - Matéria publicada no Campinarte Dicas e Fatos / Julho/2008)
Saiba tudo sobre Irineu de Palmira visitando o site do artista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores